"Mesmo que os meus versos nunca sejam impressos, Eles lá terão sua beleza, se forem belos." (FERNANDO PESSOA)

SEBO ARILOQUE

SEBO ARILOQUE
Encontre aqui seu livro!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

ADEUS ESTRANHO - ALGUMAS PALAVRAS PARA O SONHADOR ALEXANDER SUPERTRAMP (Chris McCandless)




Ora, tu foste ávida criança com olhos de luz!
Que de tanta alma, transbordava pela vida,
E ainda teu espírito pela ânsia do Norte se conduz
E encanta outros tantos, mesmo depois da tua partida. 


Mortos foram os anos em que foste embora, realmente,
Que nada ou quase nada, aos obedientes, deixaram.
Mas a tua rebeldia e redenção, corajosamente,

Reavivou os sonhos, nos corações que os apagaram.

Certo é de fato o criar-se e recriar-se, constantemente,
Nos juízos em que a vida dá sua cartada
E a todos congrega a viver convenientemente.


Mas se a sociedade atormentar, com o “sonho formatado”,
O coração haverá de lembrar, furtiva e docilmente,
Que não só pela razão, a vida pode ser guiada.
_____________________________________
“Se admitirmos que a vida humana pode ser guiada pela razão, a possibilidade de vida é destruída” (Alexander Supertramp)

3 comentários:

  1. Belíssimo, ainda mais por ser tocante; capaz de dar vislumbre de como uma alma é capaz de tocar outra alma...

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Ainda não assisti ao filme, mas minhas perspectivas sobre o mesmo são grandes, primeiro porque acredito ser o momento para uma desrazão na minha vida; segundo porque não foi indicado por qualquer pessoa,mas por alguém que me conhece consideravelmente; terceiro porque as críticas e resenhas, bem como o trailer e comentários prometem; e por fim sinto que esse filme é um exemplo prático do que é liberdade.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. tu é fóda, né, dri... put a keep are you ♥

    ResponderExcluir

Costuro o infinito sobre o peito.
E no entanto sou água fugidia e amarga.
E sou crível e antiga como aquilo que vês:
Pedras, frontões no Todo inamovível.
Terrena, me adivinho montanha algumas vezes.
Recente, inumana, inexprimível
Costuro o infinito sobre o peito
Como aqueles que amam.

Hilda Hilst

Postagens populares

LICENCIADO CC

Licença Creative Commons
PESCADOR DE PENSAMENTOS de Adriano C. Tardoque é licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.facebook.com/adriano.tardoque.