"Mesmo que os meus versos nunca sejam impressos, Eles lá terão sua beleza, se forem belos." (FERNANDO PESSOA)

SEBO ARILOQUE

SEBO ARILOQUE
Encontre aqui seu livro!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

INCOMMENSURABILE


Para Priscila

Vai...
Pelo céu, sonha e vê
Tudo aquilo que
as imagens
Da menina
até a mulher
Mostraram.
Caminha pela Constantinopla,
Bizâncio,
Istambul...
Por onde marcharam romanos, 
cruzados,
otomanos.
Sente no ar
o aroma perfumado
Das feiras.
Recorda-te seus movimentos
A dança, a cultura, a lembrança.
Do teu bailado, respira a herança.
Contempla a monumentalidade,
Contar o Cairo, não lhe será caro.
Traga cheio o coração,
Para servir a sua paixão,
Da busca eterna,
Alegria fraterna,
Amor em sí.
Mata a saudade
do que não
viveu
com
Vida.

2 comentários:

  1. Que delicia seria ver e sentir essas imagens, tentei daqui, apreciar o aroma das freiras

    ResponderExcluir
  2. Me coloquei nesse lugar, culturas, heranças e danças...
    Inspirador... Conseguir me ver neste lugar carregado de significados e significâncias... Deleitei-me!

    ResponderExcluir

Costuro o infinito sobre o peito.
E no entanto sou água fugidia e amarga.
E sou crível e antiga como aquilo que vês:
Pedras, frontões no Todo inamovível.
Terrena, me adivinho montanha algumas vezes.
Recente, inumana, inexprimível
Costuro o infinito sobre o peito
Como aqueles que amam.

Hilda Hilst

Postagens populares

LICENCIADO CC

Licença Creative Commons
PESCADOR DE PENSAMENTOS de Adriano C. Tardoque é licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.facebook.com/adriano.tardoque.