"Mesmo que os meus versos nunca sejam impressos, Eles lá terão sua beleza, se forem belos." (FERNANDO PESSOA)

SEBO ARILOQUE

SEBO ARILOQUE
Encontre aqui seu livro!

segunda-feira, 26 de março de 2012

O TODO, A PARTE E A DESCONSTRUÇÃO


Sem os meus personagens, nada sou!
Os meus personagens sem mim, nada são!
Nas abordagens permanentes ou de ocasião,
Ou homenagens pelos caminhos por onde eu vou...

Sigo vivendo da criação dos meus fatos,
concebendo o que pode ser todo ou parte
Redizendo o mestre Gregório de Matos
e escrevendo a mim mesmo como arte.

Ora, então serei eu um ser imagético,
de inúmeras cabeças diversas, falantes,
com discursos improvisados e atuantes,
na construção mitológica d'um ser anti-arquétipo!
Costuro o infinito sobre o peito.
E no entanto sou água fugidia e amarga.
E sou crível e antiga como aquilo que vês:
Pedras, frontões no Todo inamovível.
Terrena, me adivinho montanha algumas vezes.
Recente, inumana, inexprimível
Costuro o infinito sobre o peito
Como aqueles que amam.

Hilda Hilst

Postagens populares

LICENCIADO CC

Licença Creative Commons
PESCADOR DE PENSAMENTOS de Adriano C. Tardoque é licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 Unported.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.facebook.com/adriano.tardoque.